25 e 26 semanas: o fim do segundo trimestre!

Essas semanas marcaram o fim do segundo trimestre e posso dizer que essa transição que eu pensava ser meramente didática realmente fez diferença em todas as sensações da gravidez. A disposição começou a cair, a malhação já fica um pouco mais difícil, a barriga realmente pesa muito mais (e ela deu um boom de crescimento absurdo nos últimos dias), a azia virou minha companheira quase diária e todos os movimentos já começam a ter que ser calculados para se adequarem à gestação. Mesmo assim, estou mantendo minha rotina normal de trabalho, afazeres e atividade física, apenas respeitando um pouco mais o meu novo ritmo.

Uma das coisas mais gostosas dessa etapa é que o padrão de movimentação do bebê mudou muito. Se antes eu sentia pequenos “chutes” pontuais, agora que ele encorpou e ganhou mais peso é possível sentir os movimentos completos dele se deslocando lá dentro, e eventualmente alguma extremidade (que a gente nunca sabe se é uma mãozinha, um cotovelinho ou um pezinho) dando um “oi” em forma de um calombinho na barriga (é muito bonitinho porque quando isso acontece e a gente coloca a mão em cima, ele logo “se esconde” de novo lá p/ dentro). Eu me divirto muito com esses movimentos e quando eles começam a vontade que dá é de parar tudo que estou fazendo só p/ ficar curtindo esse momento. Se tornou frequente também ele se assustar com o meu despertador tocando! É imediato: o despertador toca, eu levo um susto e ele se assusta junto, mexendo sem parar por um bom tempo depois. Tadinho! Sobre a posição em que ele está, tenho a sensação de que ainda muda várias vezes ao dia. Ele tem bastante espaço, então no mesmo dia eu consigo sentir chutes em todos os cantos da barriga, e ela fica bem tortinha no lado em que ele está. Começaram também algumas contrações indolores de treinamento: momentos em que a barriga endurece e forma calombos mais pontuais (a contração nessa fase ainda é “setorizada” e não abarca a barriga toda). Tudo normal e esperado nessa fase gestacional!

Fiz novos exames de sangue de rotina, o exame da curva glicêmica (importante para avaliar a possibilidade de diabetes gestacional) e tive mais uma consulta de pré natal! Está tudo ótimo comigo e com o Pedro. Os suplementos que eu já tomava sob orientação da nutricionista foram todos mantidos.

O quartinho dele já está totalmente pronto (projeto @studio.vilasboas e cama/tapete @inphantil) e o resultado vocês podem acompanhar pelo meu instagram (@ericadpaula).

E agora estamos nos preparativos para viajar nos próximos dias para terminar de comprar o enxoval dele. Nunca achei super necessário fazer o enxoval fora do país e nem pensava que iria fazer isso um dia, mas tenho família nos EUA e vou aproveitar essa facilidade para também fazer uma última viagem de passeio antes dele nascer! Dou todas as dicas para vocês quando eu voltar!

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *