Considerações sobre o sono do bebê

😴 Quando o bebê resmungar ou se mexer, aguarde um pouco para ter certeza que aquele breve despertar não é apenas uma transição entre um ciclo de sono e outro! Muitas vezes eles dormem novamente sozinhos e quando os pais pegam, podem inclusive estar acordando o bebê (não é raro ver pela babá eletrônica o bebê ter um breve despertar, se mexer, se sentar e voltar a dormir segundos depois). 

😴 No entanto, se o bebê realmente despertou (continua ativo após um tempo ou está chorando), atender rapidamente vai ajudar a fazê-lo dormir mais rápido, de forma que ele não desperte completamente a ponto de perder o sono.

😴 Quando o bebê chora durante à noite e não é atendido pelo cuidador, em poucos dias esse abandono faz com que ele desista de reclamar e chamar pelos pais, e volte a dormir sozinho. No entanto, isso traz grandes consequências para o estabelecimento do apego seguro (na psicologia, isso se chama “desamparo aprendido”). Aliás, se você quer estabelecer uma relação de apego seguro com seu filho, isso deve ser feito durante o dia todo, certo? Não adianta corresponder às necessidades do bebê durante metade do dia, e a outra metade não. 

😴 Se colocar o bebê para dormir mamando funciona bem na sua casa, não se preocupe com isso. A amamentação é a maneira mais fácil e mais fisiológica de um bebê adormecer. Depois de um tempo, outras formas gentis podem ser inseridas, mas esse é um processo gradual. Todos nós temos hábitos de associações de sono, não apenas a criança, e isso não é negativo. 

👶🏻 Marque outras mães e pais!!

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *