Profissão acupunturista

Muita gente tem me perguntado sobre o meu trabalho como acupunturista, como era no início da carreira, pedindo dicas para quem está começando, etc! Então vou pontuar algumas coisas (em breve faço um post equivalente sobre a carreira de doula): ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📌O início da minha carreira (há 12 anos) foi tão difícil quanto qualquer outra: atendia por valores simbólicos alguns conhecidos, distribuía folders e cartões em clínicas, feiras, academias e lojas, fazia material impresso informativo para cada nicho que eu queria atingir (ex: acupuntura p/ estudantes em cursinhos preparatórios, acupuntura p/ gestantes em lojas de roupa de bebê, etc). Buscava quem eram as referências nas áreas que eu queria atuar (ex: obstetras, pediatras, educadores físicos) e marcava reuniões com eles para explicar meu trabalho, mandava e-mails me apresentando, etc! Assim, fiz ótimas parcerias e amizades que permanecem até hoje! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📌Por ter escolhido um nicho de mercado (saúde da mulher e pediatria), muitos colegas acupunturistas acabavam me indicando também (assim como indico p/ eles em nichos que não atendo, por ex: acupuntura estética)! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📌Eu dava aulas e coordenava ambulatórios de 2 escolas de acupuntura assim que me formei (há 12 anos), então conseguia alguns pacientes particulares dessa forma – por indicação de alunos e pacientes de ambulatório que queriam um atendimento mais personalizado! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📌Por mais que o marketing seja fundamental em qualquer negócio, absolutamente nada supera as indicações dos seus próprios clientes! E p/ conseguir indicações, só existe uma receita: resultados! Um cliente satisfeito irá te trazer vários outros clientes, e assim sucessivamente! Portanto, invista na sua formação e capacitação, que é apenas uma questão de tempo p/ ver sua agenda lotar!⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📌Já tive muita dificuldade de cobrar, e hoje encaro isso como mais naturalidade, pois sei o quanto estudei, me especializei e me dediquei p/ estar aqui! Assim, aprendi a valorizar o meu tempo e a minha hora de trabalho! Isso vale tanto p/ meu trabalho como acupunturista, quanto como doula! Não podemos confundir um trabalho que fazemos POR AMOR com um trabalho que fazemos COM AMOR! Eu trabalho COM AMOR, mas preciso dele p/ pagar minhas contas, portanto não é pq estou ajudando e fazendo diferença na vida das pessoas que não posso cobrar por isso! E dessa forma, quebrei p/ mim mesma e p/ muitos outros (por exemplo, meus pais, que queriam que eu estudasse p/ concurso) o mito de que não é possível ser bem sucedido em profissões ditas “alternativas”! ⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
📌Já passei por diversas fases: pegar 12 partos por mês e quase não conseguir atender com acupuntura (ou seja, minha fonte de renda era quase que exclusivamente como doula), atender poucos partos e priorizar o consultório, então isso depende do quanto de rotina eu quero ou preciso ter na minha vida! Atualmente, estou na segunda fase, focando no consultório e diminuindo os partos p/ conseguir finalizar outros projetos de livros e cursos, por ex!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🌀Eu não tenho atendido como psicóloga clínica, mas é algo que no futuro distante eu penso em retomar!

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *